27/07/2010

familia, se desespera ao ver parente assassinado em muribeca rua, jaboatão

O clima de desespero tomou conta da 1ª travessa Jardim Wanderley, localizada no bairro de Muribeca Rua, em Jaboatão dos Guararapes. Vários familiares do biscateiro Jeomerson José Rodrigues, 20, morto a tiros na manhã de ontem, choravam perto do corpo coberto por um lençol que misturava a cor branca original com o sangue e o barro da via.
De acordo com o soldado Fábio Barbosa da Silva, do 6º Batalhão de Polícia Militar (6° BPM), por volta das 9h foram escutados vários tiros. “Populares informaram que ele entrou na travessa fugindo de dois homens que estavam em uma motocicleta. Também foi dito que a vítima era conhecida por praticar pequenos furtos”, contou.

A vítima estirada em frente à casa de número 3 tinha o pé direito enfaixado com uma gaze, que segundo um dos familiares, teria sido por conta de um acidente de moto. Durante a perícia, foram encontradas 11 perfurações. “Leva-se a crer que foram nove disparos. Espalhados pelas costas e nos dois braços. O que caracteriza uma execução”, explicou o perito do Instituto de Criminalística (IC), Gilmário Lima.

A delegada da Força Tarefa Sul, Juliana Costa, escutou alguns parentes, mas falou que ainda estava levantando informações para traçar uma linha de investigação.

Após a perícia realizar seu trabalho, irmãs de Jeomerson entraram em desespero quando o corpo foi colocado no saco do Instituto de Medicina Legal (IML). Durante a recolhida do corpo, a agonia foi tanta que puxaram o saco da mão dos técnicos e, por duas vezes, ele caiu no chão.

Ao ser colocado no veículo do instituto, o pai da vítima se descontrolou e começou a bater na porta pedindo que fosse aberta. Foi preciso o trabalho conjunto das polícias civil e militar para acalmar os ânimos.



CRIME TAMBÉM EM CURCURANA

Próximo ao lago de Curcurana, localizado no bairro de mesmo nome, em Jaboatão dos Guararapes, mais uma vítima de homicídio entrava para as estatísticas da violência. Um rapaz de identidade desconhecida, aparentando ter 18 anos, foi morto a tiros.

De acordo com o cabo Fernando Gomes, do 6º BPM, populares informaram que escutaram três tiros por volta das 4h30 de ontem. A vítima trajava bermuda e camisa azuis, uma sandália preta e um relógio de ponteiro no pulso direito.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML, no Recife. As primeiras investigações foram realizadas pela Força Tarefa Sul e o caso será investigado pela Delegacia de Piedade.folhape

Nenhum comentário :

Postar um comentário